China pode fechar consulado de EUA em Chengdu em retaliação a Houston

282


     São Paulo, 23 de julho de 2020 – Pequim está considerando o fechamento do consulado dos Estados Unidos na cidade de Chengdu, no sudoeste do país, como retaliação ao despejo da missão chinesa em Houston, informou o jornal South China Morning Post”, citando uma fonte familiarizada com a situação. As informações são da agência de notícias “Sputnik”.

     Ontem, a agência de notícias “Reuters” informou, citando uma pessoa com conhecimento direto do assunto, que Pequim estava pensando em fechar o consulado dos Estados Unidos na cidade de Wuhan em resposta às ações de Washington.

     No entanto, Hu Xijin, editor-chefe do jornal oficial chinês “Global Times”, disse que o fechamento do consulado de Wuhan não seria forte o suficiente, já que os Estados Unidos já haviam evacuado sua equipe de lá após o início da pandemia do novo coronavírus.

     Além das instalações em Wuhan e Chengdu, os Estados Unidos também têm consulados em Guangzhou, Xangai e Shenyang, além de um consulado geral em Hong Kong e Macau.

     De acordo com o “South China Morning Post”, a missão em Chengdu, no entanto, é estrategicamente importante e seu fechamento prejudicaria ainda mais as relações já tensas entre Washington e Pequim. A missão abrange a região sudoeste do país, incluindo as províncias de Sichuan, Yunnan e Guizhou, além da região autônoma do Tibete e Chongqing.

     O governo dos Estados Unidos ordenou que a China deixasse as instalações diplomáticas em Houston até o final da semana devido a preocupações de roubo intelectual. Em resposta, o porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da China, Wang Wenbin, pediu a Washington que revogasse imediatamente a decisão, acrescentando que, se a decisão não for cancelada, Pequim certamente retaliará.

     Enquanto isso, o presidente norte-americano, Donald Trump, disse durante uma coletiva de imprensa na Casa Branca que não descartou o fechamento de missões diplomáticas chinesas adicionais nos Estados Unidos.

     As informações são da agência CMA.

Copyright 2020 – Grupo CMA