Rumo estuda aumento de capital via oferta de ações ordinárias

481

     Porto Alegre, 27 de julho de 2020 – O conselho de administração da Rumo aprovou a convocação de assembleia geral extraordinária, que será realizada no dia 11 de agosto, para deliberar sobre a proposta de aumento de capital, por meio de captação de recursos.

     Segundo a companhia, essa captação pode acontecer por meio de uma oferta pública de distribuição de ações ordinárias, nominativas, escriturais, sem valor nominal.

     A empresa de logística ressaltou ainda que o potencial aumento de capital se alinha com a estratégia de negócios de longo prazo e visa trazer capacidade financeira para executar diversos projetos estratégicos que foram impulsionados pela recente renovação da concessão da Malha Paulista, além de pré-pagar outorgas devidas em virtude dos contratos de concessão.

     “Ressalta-se que, nesta data, não há qualquer decisão quanto à efetiva realização do Potencial Aumento de Capital, bem como quanto à sua estrutura e volume, o qual permanece sujeito às condições de mercado e às demais aprovações necessárias”, diz o comunicado.

     A Rumo contratou o Bradesco BBI, BTG Pactual, Itaú BBA, Safra e o BB Investimento, bem como determinadas entidades integrantes dos respectivos conglomerados localizadas nos Estados Unidos da América, para auxiliá-la na estruturação da iniciativa. Com informações da Agência CMA.

     Revisão: Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA