USDA indica melhora inesperada nas lavouras de soja e milho nos Estados Unidos

702


     Porto Alegre, 28 de julho de 2020 – O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou dados sobre as condições das lavouras americanas de soja e milho. Os números indicaram uma melhora inesperada para as plantações, determinando perdas consistentes na Bolsa de Mercadorias de Chicago no início desta terça.

     Segundo o USDA, até 26 de julho, 72% estavam entre boas e excelentes condições – o mercado esperava 69% -, 22% em situação regular e 6% em condições entre ruins e muito ruins. Na semana anterior, os índices eram de 69%, 24% e 7%, respectivamente.

     No caso do milho, 72% estavam entre boas e excelentes condições – o mercado esperava 69% -, 21% em situação regular e 7% em condições entre ruins e muito ruins. Na semana anterior, os números eram de 69%, 23% e 8%, respectivamente.

     Às 8h45min, a posição novembro da soja tinha baixa de 1,25% a US$ 8,88 ½ por bushel. Os contratos do milho com vencimento em dezembro têm preço de US$ 3,31 por bushel, com queda de 1,04%.

     Gabriel Nascimento (gabriel.antunes@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA