Chicago fecha em forte alta com temores de menor oferta global de trigo

143

Porto Alegre 29 de julho de 2020 – A Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) para o trigo encerrou com preços significativamente mais altos. O mercado buscou recuperação após duas sessões de queda. Segundo a Agência Reuters, pesou positivamente a expectativa de safra menor na União Europeia, reflexo do clima adverso na região. Na França e no sudeste da do bloco europeu a situação das lavouras é pior, enquanto na Polônia e na Alemanha as condições estão melhores.

Além disso, a compra de 470 mil toneladas de trigo da Rússia e da Ucrânia por parte do Egito favoreceu elevações nos preços do trigo nesta quarta-feira. Esta foi a maior importação egípcia desde 2018 e os preços foram mais altos do que o esperado. Conforme traders, isso pode significar que os importadores estão se preocupando em garantir todo trigo que precisam em meio a notícias de menor produção global em 2020.

No fechamento de hoje, os contratos com entrega em setembro de 2020 eram cotados a US$ 5,32 3/4 por bushel, ganho de 9,25 centavos de dólar, ou 1,76%, em relação ao fechamento anterior. Os contratos com entrega em dezembro de 2020 eram negociados a US$ 5,38 1/2, alta de 8,25 centavos de dólar, ou 1,55%, em relação ao fechamento anterior.

Gabriel Nascimento ([email protected]) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA