Algodão fecha em forte alta em NY acompanhando subida do petróleo

288

     Porto Alegre, 03 de agosto de 2020 – A Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE Futures) para o algodão fechou com preços acentuadamente mais altos nesta segunda-feira.

     Após realização de lucros na sexta-feira, o mercado retomou o tom altista neste começo de semana. A forte subida do petróleo deu sustentação à pluma na bolsa. A expectativa está voltada para as condições das lavouras norte-americanas, que saem hoje no final da tarde, divulgadas pelo Departamento de Agricultura do Estados Unidos (USDA em seu relatório semanal. Qualquer queda significativa, principalmente no Texas, traz suporte à pluma.

     O Comitê Internacional do Algodão (Icac) estimou o consumo global em 23,9 milhões de toneladas para 2020/21, o que representa uma elevação de 5% em comparação com a temporada anterior, reflexo da pandemia do novo coronavírus. Já a produção global deve ir em sentido contrário, recuando 5%, para 24,8 milhões de toneladas – já que a área deve ter um recuo de 2 milhões

de hectares. Os números fazem parte do relatório de agosto da entidade.

     Os contratos com entrega em dezembro/2020 fecharam no dia a 63,87 centavos de dólar por libra-peso, alta de 1,21 centavo, ou de 1,9%. Março/2021 fechou a 64,54 centavos, elevação de 1,29 centavo, ou de 2,0%.

     Lessandro Carvalho (lessandro@safras.com.br) – Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA