Café dispara em NY, em meio a fatores técnicos, rompendo resistências

73

     Porto Alegre, 13 de agosto de 2020 – A Bolsa de Mercadorias de Nova York (Ice Futures US) para o café arábica encerrou as operações desta quinta-feira com preços acentuadamente mais altos.

     As cotações dispararam no dia, em meio a fatores técnicos. Segundo o consultor de SAFRAS & Mercado, Gil Barabach, o mercado passou por um movimento de correção técnica após as perdas do início da semana, estendendo os ganhos de ontem. “As cotações romperam a resistência gráfica situada em 116 centavos de dólar por libra-peso, acionando ordens automáticas de compras (stops) de fundos e especuladores”, comentou.

     Nos fundamentos, as atenções aos poucos se voltam para a safra brasileira de 2021, que será menor pelo ciclo bienal da cultura. O mercado também se depara com revisões para cima nas estimativas de consumo na temporada 2019/20.

     Os contratos com entrega em setembro fecharam o dia a 116,20 centavos de dólar por libra-peso, com valorização de 4,15 centavos, ou de 3,7%. A posição dezembro fechou a 118,10 centavos, com alta de 3,85 centavo, ou de 3,4%.

     Lessandro Carvalho (lessandro@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA