Lucro da Rumo mais que dobra no 2º trimestre e receita cresce 5,7%

99

     Porto Alegre, 14 de agosto de 2020 – O lucro líquido da Rumo mais que dobrou no segundo trimestre, atingindo R$ 405 milhões, refletindo tanto o aumento de 5,7% na receita operacional líquida, para R$ 1,828 bilhão, quanto um crédito extraordinário de R$ 348 milhões referente às operações da Malha Paulista.

     Com a renovação da Malha Paulista, o encontro de contas entre os passivos de concessão e os créditos de ações trabalhistas, anteriormente pagas pela Rumo, gerou ganhos de R$ 348 milhões no segundo trimestre.  

     O ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) cresceu 31,5% no segundo trimestre, para R$ 1,216 bilhão, enquanto o ebitda ajustado – que desconsidera ganhos ou perdas não recorrentes, como o da Malha Paulista – aumentou 6,3%, para R$ 982 milhões.

     O volume total transportado pela Rumo cresceu 13,9% no segundo trimestre para 16,417 bilhões por tonelada por quilômetro útil (TKU), que mede a relação entre a tonelada útil transportada pela distância percorrida.

     A tarifa média caiu 8,5%, para R$ 93,90 por TKU. Na operação Norte, houve declínio de 10,5%, para R$ 91,10 por TKU, enquanto na operação Sul a queda foi menos intensa, de 1,8%, para R$ 104,30 por TKU. No contêiner, a tarifa média foi de R$ 86,70 por TKU, queda de 10,2%, em base anual. As informações são da Agência CMA.

     Revisão: Rodrigo Ramos (rodrigo@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA