Porto de Santos lidera exportações de soja do Brasil em julho e no ano

137

Porto Alegre, 19 de agosto de 2020 – As exportações de soja do Brasil pelo porto de Santos (SP) totalizaram 1,844 milhão de toneladas em junho. Segundo dados da Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia, o porto liderou os embarques da oleaginosa brasileira no mês e lidera no acumulado do ano. Em junho de 2019, 1,321 milhão de toneladas foram embarcadas em Santos. De janeiro a junho de 2020, foram 21,069 milhões de toneladas.

Em segundo lugar, está o porto de Paranaguá (PR), que totalizou 1,776 milhão de toneladas em julho e soma 10,866 milhões no ano. Em junho de 2019, foram 1,16 milhão de toneladas.

O terceiro maior polo exportador de soja do Brasil em julho foi o porto de Rio Grande (RS), com 1,743 milhão de toneladas. No ano, o porto gaúcho exportou 7,751 milhões de toneladas. O porto de São Luis (MA) respondeu por 6,639 milhões de toneladas em 2020. Já em julho, o porto exportou 1,282 milhão de toneladas, ficando com a quarta posição entre os principais pontos de embarque do produto nacional.

No total, o Brasil exportou 10,373 milhões de toneladas em julho, contra 7,443 milhões no mesmo mês do ano passado. De janeiro a julho de 2020, foram 69,748 milhões de toneladas, 36% acima das 51,172 milhões de toneladas exportadas no mesmo período de 2019.

Farelo

O porto de Paranaguá foi o principal responsável pelas exportações de farelo de soja em julho, embarcando 641,1 mil toneladas do subproduto. Santos ficou em segundo lugar, com 626,6 mil toneladas e Rio Grande em terceiro, com 216,8 mil.

O Brasil exportou 1,741 milhão de toneladas de farelo no mês. No ano, são 10,224 milhões de toneladas.

Gabriel Nascimento (gabriel.antunes@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA