Seca atinge 60% da área de trigo na Argentina; 36% das lavouras estão em situação ruim

103

Porto Alegre, 20 de agosto de 2020 – Com o plantio de trigo já finalizado, e como consequência das geadas e do prolongado déficit hídrico, 36% da área plantada na Argentina reflete uma condição de cultivo de razoável a ruim. Segundo a Bolsa de Cereais de Buenos Aires, na semana passada eram 26%. Em igual período do ano passado, eram 11%.

Paralelamente, 59% das áreas tem condição hídrica de regular a seca, contra 57% na semana passada e 29% no ano passado.

“O quadro de déficit hídrico que se instala desde meados de março, é agravado pela ocorrência de geadas frequentes e intensas, que podem gerar danos irreversíveis nos quadros mais desenvolvidos”, diz o boletim da entidade. Lavouras do nordeste do país registram perdas de até 50% e a situação ainda pode piorar.

Gabriel Nascimento (gabriel.antunes@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA