Conab vê moagem de cana estável no Centro-Sul em 2020/21

78

     Porto Alegre, 21 de agosto de 2019 – A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) divulgou nesta semana os resultados do segundo levantamento da safra de Cana-de-Açúcar 2020/21. Na região Centro-Sul, a moagem da cana deverá atingir 587,275 milhões de toneladas em 2020/21, queda de 0,4% na comparação com 2019/20 (589,8 milhões de toneladas. Para o Norte-Nordeste, a produção de cana esperada é de 54,794 milhões de toneladas, alta de 3,7% contra as 52,84 milhões de toneladas colhidas no ano passado.

    Conforme a Conab, mesmo com a estimativa de redução da área em produção, a expectativa atual é de um volume obtido bem próximo àquele apresentado na temporada passada. São esperadas cerca de 642.069,7 mil toneladas de cana-de-açúcar na produção total brasileira, sinalizando ligeira redução de 0,1% em comparação ao total produzido em 2019/20.

    Na Região Sudeste, a colheita já está avançada, e a expectativa é de rendimento médio bem próximo àquele verificado na safra passada, devendo ficar em 79.713 kg/ha nesta temporada. Na Região Centro-Oeste, a estimativa é de incremento em comparação a 2019/20. De modo geral, a projeção indica 77.620 kg/ha, sendo 0,6% maior que no ciclo passado.

    Na Região Nordeste, as condições climáticas constituem fator importante para determinação do rendimento médio da cultura, pelas características históricas da região, especialmente no quesito pluviosidade e nos grandes períodos de estiagem já registrados. De maneira geral, o indicativo de produtividade média para esta safra é de 59.636 kg/ha, representando aumento de 2,5% em relação ao exercício anterior.

      Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) / Agência SAFRAS Copyright 2020 – Grupo CMA