Algodão fecha em alta acentuada em NY com apreensão com clima e boa demanda

105

     Porto Alegre, 24 de agosto de 2020 – A Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE Futures) para o algodão fechou com preços acentuadamente mais altos nesta segunda-feira.

     O mercado tecnicamente rompeu a importante linha de 65 centavos de dólar por libra-peso no contrato dezembro. Segundo o analista de SAFRAS & Mercado, Élcio Bento, este é o maior patamar em seis meses – desde o dia 25 de fevereiro.

     Conforme a AgFax, a pluma foi sustentada pela previsão de tempestades do Golfo do México, que podem afetar as lavouras de algodão dos Estados Unidos. A boa demanda pelo produto do país, como mostraram as exportações semanais, segue como fator de sustentação. O rumor de que a vacina para a Covid-19 nunca esteve tão próxima completa o quadro positivo, pois pode representar a retomada da demanda têxtil mundial.

     Os contratos com entrega em dezembro/2020 fecharam no dia a 65,82 centavos de dólar por libra-peso, alta de 1,54 centavo, ou de 2,4%. Março/2021 fechou a 66,63 centavos, com valorização de 1,43 centavo, ou de 2,2%.

     Lessandro Carvalho (lessandro@safras.com.br) – Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA