Restrição de oferta e escalas curtas puxam preços do boi gordo

127

     Porto Alegre, 04 de setembro de 2020 – O mercado físico de boi gordo registrou novas altas nos preços ao longo desta semana em praticamente todas as regiões de produção e comercialização. “A oferta de animais terminados permanece restrita em grande parte do país, o que faz os frigoríficos encontrar muitas dificuldades na composição de suas escalas de abate”, disse o analista de SAFRAS & Mercado, Fernando Henrique Iglesias.

    Conforme Iglesias, não há nenhuma sinalização de alteração no quadro de oferta e demanda no curto prazo. “Importante destacar que a disputa por animais que cumprem os requisitos para exportação à China segue acirrada”, apontou Iglesias. No mercado paulista, já a relatos de negociações em até R$ 245 à vista para a arroba do boi gordo. “As exportações destinadas ao mercado chinês são o grande diferencial para o Setor Carnes brasileiro em 2020”, assinalou.  

     Com isso, os preços a arroba do boi gordo na modalidade à prazo nas principais praças de comercialização do País estavam assim no dia 03 de setembro:

* São Paulo (Capital) – R$ 242,00 a arroba, contra R$ 228,00 a arroba em 26 de agosto (+2,98%).

* Goiás (Goiânia) – R$ 230,00 a arroba, estável.

* Minas Gerais (Uberaba) – R$ 230,00 a arroba, ante R$ 227,00 a arroba, subindo 1,32%.

* Mato Grosso do Sul (Dourados) – R$ 237,00 a arroba, ante R$ 234,00 a arroba (1,28%).

* Mato Grosso (Cuiabá) – R$ 221,00 a arroba, contra R$ 220,00 a arroba (+0,45%).

Exportação

     As exportações de carne bovina fresca, refrigerada ou congelada do Brasil renderam US$ 654,238 milhões em agosto (21 dias úteis), com média diária de US$ 31,154 milhões. A quantidade total exportada pelo país chegou a 163,220 mil toneladas, com média diária de 7,772 mil toneladas. O preço médio da tonelada ficou em US$ 4.008,30. Na comparação com agosto de 2019, houve ganho de 21,54% no valor médio diário, alta de 26,57% na quantidade média diária e queda de 3,97% no preço médio. Os dados são da Secretaria de Comércio Exterior.

     Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA