Algodão fecha em alta acentuada em NY com apreensão com Tempestade Sally

59

     Porto Alegre, 14 de setembro de 2020 – A Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE Futures) para o algodão fechou com preços acentuadamente mais altos nesta segunda-feira.

     As cotações dispararam no dia em meio à apreensão com o clima para a safra norte-americana. É grande a apreensão com a Tempestade Tropical Sally, que se aproxima de New Orleans, podendo, na sequência, atingir as regiões produtoras de algodão do Delta dos Estados Unidos. O corte na estimativa de safra do país completa o quadro positivo aos preços.

     O relatório de setembro de oferta e demanda do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) estimou a produção de algodão do país na temporada 2020/21 em 17,06 milhões de fardos, ante 18,08 milhões no relatório anterior. Para a safra 2019/20, são esperados 19,91 milhões de fardos.

     Os contratos com entrega em dezembro/2020 fecharam no dia a 66,62 centavos de dólar por libra-peso, alta de 1,81 centavo, ou de 2,8%. Março/2021 fechou a 67,46 centavos, com valorização de 1,68 centavo, ou de 2,5%.

     Lessandro Carvalho (lessandro@safras.com.br) – Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA