Algodão fecha em baixa em NY com valorização do dólar pressionando

91

     Porto Alegre, 23 de setembro de 2020 – A Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE Futures) para o algodão fechou com preços mais baixos nesta quarta-feira.

     O mercado foi pressionado no dia pela força do dólar frente a outras moedas internacionais, como o real. A elevação pode prejudicar as exportações norte-americanas e pressiona o algodão na Bolsa de NY. Também preocupou mais uma vez no dia a nova onda de covid-19 na Europa, com temores de novas medidas de restrições à circulação das pessoas que possa prejudicar as economias.

     Segundo a AgFax, completou o quadro negativo a perspectiva de safra cheia na India, com boas chuvas de monção, que agora está estimada em 37 milhões de fardos, conforme fontes oficiais do país. O último relatório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) havia estimado 30 milhões de fardos. 

     Os contratos com entrega em dezembro/2020 fecharam no dia a 65,25 centavos de dólar por libra-peso, baixa de 0,29 centavo, ou de 0,4%. Março/2021 fechou a 66,14 centavos, com perda de 0,33 centavo, ou de 0,5.

     Lessandro Carvalho (lessandro@safras.com.br) – Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA