Café esboça recuperação em NY, mas volta a cair seguindo petróleo

400

     Porto Alegre, 21 de outubro de 2020 – A Bolsa de Mercadorias de Nova York (Ice Futures US) para o café arábica encerrou as operações desta quarta-feira com preços mais baixos.

     Mais uma vez, NY deu sinais de recuperação, trabalhou em alta inicialmente até parte do pregão, esboçando uma correção após as recentes quedas, Porém, não superou resistências, batendo na máxima para dezembro em 106,85 centavos de dólar por libra-peso. Depois, foi reduzindo os ganhos até reverter novamente ao terreno negativo, em meio a aspectos técnicos e acompanhando a baixa do petróleo.

     As indicações de chuvas sobre o cinturão cafeeiro do Brasil até o final de semana, com melhora no clima para as floradas e pegamento das floradas com vistas à safra de 2021, seguem como fator baixista. E NY já ameaça se aproximar da importante linha técnica e psicológica de US$ 1,00 a libra-peso. O fechamento do contrato dezembro foi o mais baixo em 3 meses.

     Os contratos com entrega em dezembro fecharam o dia a 104,15 centavos de dólar por libra-peso, desvalorização de 0,75 centavo, ou de 0,7%. A posição março/2021 fechou a 107,00 centavos, com baixa de 0,80 centavo, ou de 0,7%.

     Lessandro Carvalho (lessandro@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA