Chicago sobe com possível corte de rendimento do milho nos Estados Unidos

304

Porto Alegre, 21 de outubro de 2020 – A Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) para o milho fechou a sessão de hoje com preços mais altos. O mercado foi sustentado pela expectativa de um possível corte no rendimento médio das lavouras de milho norte-americano, que poderia ficar abaixo dos 178,4 bushels por acre estimados pelo Departamento de Agricultura dos País (USDA) no relatório de oferta e demanda de outubro.

As preocupações com a seca no Brasil para o plantio de milho verão e de soja, bem como a boa demanda para o cereal norte-americano, também atuam como fatores de suporte aos preços.

Os contratos de milho com entrega em dezembro fecharam a US$ 4,13 3/4, com alta de 5,00 centavos, ou 1,22%, em relação ao fechamento anterior. A posição março de 2021 fechou a sessão a US$ 4,16 3/4 por bushel, ganho de 3,50 centavos de dólar, ou 0,84%, em relação ao fechamento anterior.

Gabriel Nascimento (gabriel.antunes@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA