Mercado de soja inicia semana com preços firmes e poucos negócios

375

    Porto Alegre, 26 de outubro de 2020 – Sem novidades, o mercado brasileiro de soja inicia a semana com poucos negócios e com preços firmes. A definição desse comportamento é reflexo da escassez de produto. O dólar sobe, mas Chicago opera no território negativo.

     O mercado brasileiro de soja teve mais um dia travado de negócios na sexta. Sem oferta, os agentes seguem distantes, com o produtor priorizando os trabalhos de plantio, aproveitando o retorno das chuvas em algumas regiões.

     Os preços oscilaram entre estáveis e mais altos, acompanhando a valorização de Chicago, onde novembro superou US$ 10,80 por bushel.

    Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos seguiu em R$ 169,00. Na região das Missões, a cotação permaneceu em R$ 167,00. No porto de Rio Grande, o preço ficou em R$ 166,50.

    Em Cascavel, no Paraná, o preço estabilizou em R$ 170,00 a saca. No porto de Paranaguá (PR), a saca permaneceu em R$ 155,00.

    Em Rondonópolis (MT), a saca seguiu em R$ 173,00. Em Dourados (MS), a

cotação avançou de R$ 166,00 para R$ 170,00. Em Rio Verde (GO), a saca ficou aumentou de R$ 167,00 para R$ 170,00.

PLANTIO

* O plantio da safra nova de soja 2020/21 do Brasil está em 16,3% da área total esperada até o dia 23 de outubro. A estimativa parte de levantamento de SAFRAS & Mercado. Na semana anterior, o índice era de 6,1%.

* Os trabalhos estão bem atrasados em relação ao ano passado, quando 30,8% da safra já estava plantada, e também atrás da média normal para o período, que era de 27,7%.

CHICAGO

* Os contratos com vencimento em novembro registram baixa de 0,16%, cotado a US$ 10,82 por bushel.

* Mais cedo, o mercado chegou a registrar ganhos, sustentado pela boa demanda pela soja norte-americana e pelo clima adverso na América do Sul.

* Porém, perdeu força, com os investidores optando por embolsar parte dos lucros acumulados recentemente.

PREMIOS

* O prêmio em Paranaguá para novembro ficou em 250 a 320 pontos acima de Chicago. Para fevereiro, o prêmio é de 125 a 135 pontos acima.

CÂMBIO

* O dólar comercial opera com ganho de 0,23% neste momento, cotado a R$ 5,643.

INDICADORES FINANCEIROS

* As principais bolsas da Ásia encerraram em baixa. Xangai, -0,82%. Tóquio, -0,09%.

* As principais bolsas na Europa operam em baixa. Paris, -0,93%; Frankfurt, -2,6%; Londres, -0,41%.

* O petróleo opera com perdas. Dezembro do WTI em NY: US$ 38,93 o barril -2,3%).

* O Dollar Index registra alta de 0,24%, a 92,99 pontos.

AGENDA

– A Europa sai do horário de verão, com isso, os relógios europeus serão

atrasados em uma hora.

– Inspeções de exportação semanal dos EUA – USDA, 12hs.

– Balança comercial das quatro primeiras semanas de outubro – Ministério da Economia, 15hs.

– Condições das lavouras norte-americanas – USDA, 17hs.

—-Terça-feira (27/10)

– Dados de desenvolvimento das lavouras do Paraná – Deral, na parte da manhã.

—–Quarta-feira (28/10)

– Resultado financeiro da Basf.

– A posição dos estoques de petróleo até sexta-feira da semana passada será publicada às 11h30min pelo Departamento de Energia (DoE).

– Definição da taxa Selic – Copom/BC, a partir das 18hs.

—–Quinta-feira (29/10)

– Japão: A decisão de política monetária será publicada na madrugada pelo Banco do Japão.

– Alemanha:  A taxa de desemprego de outubro será publicada às 6h pela agência federal de emprego.

– A FGV divulga às 8h os dados do Indice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) referentes a outubro

– Estimativa para a safra mundial de grãos – CIG, na parte da manhã.

– Exportações semanais de grãos dos EUA – USDA, 9h30min.

– EUA: A leitura preliminar do Produto Interno Bruto (PIB) do terceiro trimestre de 2020 será publicada às 9h30 pelo Departamento do Comércio.

– Eurozona: A decisão de política monetária será publicada às 9h45 pelo Banco Central Europeu (BCE).

– Alemanha:  A leitura preliminar do índice de preços ao consumidor de outubro será publicada às 10h pelo Destatis.

– Dados de desenvolvimento das lavouras argentinas – Bolsa de Cereais de Buenos Aires, 15hs.

– Dados das lavouras no Rio Grande do Sul – Emater, na parte da tarde.

—–Sexta-feira (30/10)

– Japão: A taxa de desemprego de setembro será publicada na noite anterior pelo Ministério de Assuntos Internos e Comunicação.

– Japão: A leitura preliminar da produção industrial de setembro será publicada na noite anterior pelo Ministério da Economia, Comércio e Indústria.

– Eurozona:  A leitura preliminar do índice de preços ao consumidor de outubro será publicada às 7h pela Eurostat.

– Eurozona:  A leitura preliminar do Produto Interno Bruto (PIB) do terceiro trimestre de 2020 será publicada às 7h pela Eurostat.

– Eurozona:  A taxa de desemprego de setembro será publicada às 7h pela Eurostat.

– Dados do desenvolvimento das lavouras da Argentina – Ministério da Agricultura, no início do dia.

– O IBGE divulga às 9h os dados sobre o índice de preços ao produtor referentes a setembro.

– Atualização das estimativas para a produção de soja e milho do Brasil em 2020/21 – SAFRAS, 12hs.

– Dados de desenvolvimento das lavouras do Mato Grosso – IMEA, na parte da tarde.

– Levantamento sobre a evoluções do plantio de soja no Brasil – SAFRAS, na parte da tarde.

     Dylan Della Pasqua (dylan@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA