Preços do milho em Chicago despencam mais de 3% pressionados por aversão ao risco

279

Porto Alegre, 28 de outubro de 2020 – A Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) para o milho fechou a sessão de hoje com preços acentuadamente mais baixos. O sentimento de aversão ao risco, em meio ao agravamento dos casos de coronavírus pelo mundo, contamina os preços em Chicago. Realizações de lucros, o forte declínio nos preços do petróleo e nos mercados acionários também influenciaram negativamente as cotações. Conforme analistas, o mercado estava sobrecomprado.

Os contratos de milho com entrega em dezembro fecharam a US$ 4,01 1/2, com baixa de 14,50 centavos, ou 3,48%, em relação ao fechamento anterior. A posição março de 2021 fechou a sessão a US$ 4,04 1/4 por bushel, recuo de 12,25 centavos de dólar, ou 2,94%, em relação ao fechamento anterior.

Gabriel Nascimento (gabriel.antunes@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA