Cotações futuras do açúcar caem em NY com correção técnica

334

    Porto Alegre, 03 de novembro de 2020 – A Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE Futures US) para o açúcar bruto encerrou o pregão eletrônico com cotações em baixa.

     O mercado caiu com correção técnica após os fortes ganhos de ontem, quando as cotações subiram mais de 4% diante da recuperação no petróleo e ainda com as especulações sobre atrasos nas exportações da Índia. Com isso, os futuros do açúcar igualaram as máximas de mais de oito meses estabelecidas na semana passada

     Nas intradiárias, os contratos com entrega em março superaram a linha de 15 centavos de dólar por libra-peso, onde stops de venda (ordens automáticas) de fundos e especuladores foram acionados, e assim inverteram os ganhos e passaram a cair.

     Conforme informações do portal Barchart, as usinas da Índia estão segurando as exportações, enquanto esperam por subsídios do governo. Ainda do lado fundamental, a expectativa de que as exportações do Brasil alcancem uma marca recorde neste ano segue como pressão negativa aos futuros do açúcar.

    Os contratos com entrega em março/2021 encerraram o dia a 14,69 centavos de dólar por libra-peso, com queda de 0,28 centavo (-1,87%) em relação ao fechamento anterior. A mínima do dia foi de 14,66 centavos, e a máxima chegou a 15,23 centavos.

     Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA