BRF aumenta capacidade de armazenagem para conter custos

319

     Porto Alegre, 10 de novembro de 2020 – Em teleconferência de resultados referente ao terceiro trimestre de 2020 realizada hoje, o diretor presidente da BRF, Lorival Luz, disse que a empresa conseguiu manter uma vantagem competitiva apesar do aumento registrado nos custos de produção. “Isso foi possível através do aumento da capacidade de armazenagem, da busca de produtos alternativos em relação ao farelo de soja e de milho e dos maiores investimentos em pesquisa e desenvolvimento para melhorar a conversão proteica dos insumos”, disse.

     Outro fator positivo para o bom desempenho da BRF, de acordo com Luz, leva em conta a ampliação do portfólio de produtos, com os novos lançamentos feitos pela companhia, tanto no cenário doméstico quanto no mercado internacional, de modo a atender a demanda dos consumidores. “Foram lançados neste ano 91 novo produtos no Brasil e 89 no mercado internacional, o que contribuiu para um fortalecimento ainda maior da marcas como Sadia, Perdigão e Qualy junto aos consumidores”, afirma.

     Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA