Produção brasileira de arroz para 2021 é estimada em 10,8 milhões de t – IBGE

288
Noticias do agronegocio
Noticias do agronegocio

     Porto Alegre, 10 de novembro de 2020 – Conforme o IBGE, a primeira estimativa aponta para uma produção de 10,8 milhões de toneladas, declínio de 2,4%, com reduções também de 1,1% na área a ser colhida e de 1,3% na produtividade. Essa produção deve ser suficiente para abastecer o mercado brasileiro. Nos últimos meses os preços do arroz atingiram patamares elevados, levando o governo a zerar as tarifas de importação para conter os preços.

     Segundo a SECEX/MDIC, as exportações de arroz atingiram 1,2 milhão de toneladas até setembro de 2020 impulsionados pela desvalorização do real.

     O Rio Grande do Sul é responsável por aproximadamente 70,0% da produção nacional, e suas lavouras são irrigadas e associadas à alta tecnologia e manejo adequado, permitindo alcançar altas produtividades. As primeiras estimativas são de uma produção de 7,5 milhões de toneladas, queda 3,3% e, produtividade de 7 874 kg/ha, redução de 3,8%. Vale ressaltar que, em 2020, as condições climáticas no período da colheita propiciaram uma ótima produtividade das lavouras no Estado. Com informações do Departamento de Comunicação Social do IBGE.

     Revisão: Rodrigo Ramos / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA