Ações da Ásia fecham mistas com otimismo por vacina; Bolsa de Xangai recua

181
Economia agricola
Economia agricola

     Porto Alegre, 11 de novembro de 2020 – Os principais índices do mercado de ações asiático fecharam em sem direção comum, por um lado refletindo esperanças por uma vacina contra a covid-19 e, por outro, em meio ao aperto regulatório a empresas de tecnologia na China.

    “As notícias sobre vacinas devem continuar ganhando impulso nos próximos meses”, de acordo com analistas do DBS, em relatório, citando que setores mais afetados pela pandemia do novo coronavírus devem melhorar seu desempenho daqui para a frente.

     A Bolsa de Tóquio subiu quase 2% e liderou os ganhos na Ásia. Além das notícias sobre vacinas, apoiaram o sentimento do investidor os resultados positivos de balanços de empresas, e o anúncio do Banco do Japão (BoJ) sobre a introdução de um novo mecanismo de depósito para apoiar os bancos.

     Na contramão, as ações caíram em Xangai e em Hong Kong, puxadas por perdas no segmento de tecnologia, após o governo chinês anunciar regras mais duras para empresas do setor como o grupo Alibaba. Os reguladores interromperam na semana passada a oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) do Ant Group.

     Ontem, a China lançou um novo projeto de regras antimonopólio para suas plataformas online, sinalizando um aumentou no apetite das autoridades de Pequim para controlar suas empresas de tecnologia dominantes.

     Confira abaixo a variação e a pontuação de fechamento dos índices

asiáticos:

     Nikkei 225 (Tóquio): +1,78%, 25.349,60 pontos

     Hang Seng (Hong Kong): -0,28%, 26.226,98 pontos

     Xangai Composto (Xangai): -0,53%, 3.342,20 pontos

     Kospi (Seul): +1,35%, 2.485,87 pontos

     Revisão: Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA