fbpx
Mercado

Alta em NY e no dólar sustenta algodão no Brasil

 

Porto Alegre, 12 de abril de 2019 – Os preços do algodão ficaram ligeiramente mais altos nesta sexta-feira no mercado brasileiro. A alta na Bolsa de Nova York e a subida do dólar sustentaram o mercado nacional. Entretanto, o dia foi de poucos negócios e, no balanço da semana, ainda com a melhora nesta sexta-feira, houve perdas nas cotações.

 

No CIF de São Paulo a fibra 41.4 encerrou o dia indicada a R$ 2,93/libra-peso, queda de 0,34% frente ao mesmo período da semana anterior, mas ainda tendo alta de 0,84% frente ao mês anterior. A comercialização da pluma mato-grossense para a safra 17/18 finalizou o mês de março com avanço de 3,83 p.p., alcançando assim 96,15% da produção vendida. Já o preço recuou 2,18% em relação ao mês passado, com média mensal de R$ 98,55/@. Em relação à comercialização da pluma em Mato Grosso para a safra 18/19, as negociações em março andaram de lado durante o mês.

 

NY

 

A Bolsa de Mercadorias de Nova York (ICE Futures) para o algodão fechou com preços mais altos nesta sexta-feira.

 

Após três sessões seguidas de perdas, o algodão teve uma sessão de recuperação técnica. Houve cobertura de posições vendidas no dia, após essas quedas. Os ganhos estiveram mais ligados a aspectos técnicos, mas também o bom desempenho das exportações semanais, que não sustentou o mercado na sessão anterior, foi citado como aspecto de suporte no dia.

 

Ainda assim, o contrato maio acumulou na semana uma queda de 0,2%.

 

Maio encerrou o dia a 78,11 centavos de dólar por libra-peso, com alta de 1,13 centavo, ou de 1,5%.

 

Câmbio

 

O dólar comercial encerrou a sessão em alta de 0,85%, negociado a R$ 3,8880 para a compra e a R$ 3,8900 para a venda. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a máxima de R$ 3,9080 e a mínima de R$ 3,8600.

 

Na semana, o dólar acumulou alta de 0,43% contra o real.

 

Lessandro Carvalho ([email protected]) / Agência SAFRAS

 

Copyright 2019 – Grupo CMA

 

Sobre o autor

Lessandro Rocha Carvalho

Deixe um Comentário