fbpx
Notícias Arroz

Arroz: Irga, Flar e Ciat promovem encontro entre pesquisadores e extensionistas

Porto Alegre, 15 de abril de 2019 – O Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), em parceria com o Fundo Latino-americano para Arroz Irrigado (Flar) e o Centro Internacional de Agricultura Tropical (Ciat), promoveu nos dias 9, 10 e 11 de abril um encontro de pesquisadores e extensionistas das três instituições.

 

O primeiro dia foi destinado ao workshop “Fortalecendo o setor arrozeiro do Rio Grande do Sul: Passado, presente e futuro”, na sede do Irga, localizada na capital gaúcha. O presidente da autarquia, Guinter Frantz, abriu a reunião com as boas-vindas ao grupo de especialistas. O propósito foi apresentar a história do desenvolvimento dos programas de melhoramento na América Latina e discutir a importância das ferramentas modernas para o aprimoramento genético.

 

O segundo dia ocorreu na Estação Experimental Regional do Irga em Torres. O seminário “Avaliação de Brusone para o Cone Sul: Perspectivas de pesquisa para a região” foi voltado para a principal doença da cultura do arroz, a Brusone. Os participantes foram a campo para visualizar de perto a metodologia utilizada pelos engenheiros agrônomos da autarquia. O estudo desenvolvido pelos extensionistas tem como foco testar as características e resistência da Brusone em diferentes variedades de sementes.

 

Na sequência, as equipes visitaram uma propriedade em que a lavoura apresenta a doença, para verificar na prática aplicações de fungicidas. O município de Torres possui a condição climática mais favorável (umidade e temperatura) do Estado para o estudo de doenças com fungos. O Irga possui estrategicamente uma estação na cidade para realizar testes e pesquisas em diversas cultivares para aperfeiçoar os programas de melhoramento genético.

 

O terceiro e último dia foi realizado na Estação Experimental de Cachoeirinha, em seguimento às discussões e trocas de conhecimento e experiências entre os pesquisadores brasileiros e de outros países latino-americanos (Argentina, Colômbia e Uruguai) com a finalidade de fortalecer o setor arrozeiro e melhoramento genético. Na oportunidade, os pesquisadores do Flar e do Ciat também conheceram a infraestrutura destinada à pesquisa na estação. As informações são do Irga.

 

Revisão: Rodrigo Ramos ([email protected]) / Agência SAFRAS

 

Copyright 2019 – Grupo CMA

 

 

Sobre o autor

Rodrigo de Moraes Vargas Ramos

Deixe um Comentário