fbpx
Destaque Frango

Avicultura tem preços em alta na semana, mas maiores custos geram preocupação

Porto Alegre, 22 de fevereiro de 2019 – O mês de fevereiro vai sendo marcado por consistente movimento de alta para o frango vivo e também para a carne de frango no atacado. Segundo o analista de SAFRAS & Mercado, Fernando Henrique Iglesias, a expectativa é que o mercado continue aquecido durante a primeira quinzena de março, período de aumento de consumo.

Por outro lado, o grande foco de preocupação para o avicultor neste momento está nos custos de produção, avaliando um eventual descolamento dos preços do milho no mercado doméstico durante o primeiro quadrimestre, o que torna a atividade mais onerosa. “A exportação é outro temor, com um início de ano fraco em termos de volume de embarques. Esse quadro remete a uma grande necessidade de controle de oferta, evitando nocivas conjunturas de excedente”, apontou Iglesias.

Exportações

As exportações de carne de frango “in natura” do Brasil renderam US$ 294,6 milhões em fevereiro, conforme dados parciais coletados até o dia 16, com média diária de US$ 26,8 milhões. A quantidade total exportada pelo país chegou a 185,2 mil toneladas, com média diária de 16,8 mil toneladas. O preço médio da tonelada ficou em US$ 1.590,50.

Na comparação com janeiro, houve alta de 44,6% no valor médio diário da exportação, ganho de 42,1% na quantidade média diária exportada e alta de 1,8% no preço. Na comparação com fevereiro de 2018, houve avanço de 7,0% no valor médio diário, ganho de 4,2% na quantidade média diária e alta de 2,7% no preço médio. Os dados são do Ministério da Indústria, Comércio e Serviços e foram divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior.

Fábio Rübenich ([email protected]) / Agência SAFRAS

 

Copyright 2019 – Grupo CMA

Sobre o autor

Gabriel Antunes do Nascimento

Deixe um Comentário