fbpx
Mercado Notícias Boi

Boi gordo segue com poucas alterações nos preços no Brasil

 

Porto Alegre, 4 de fevereiro de 2019 – O mercado físico do boi gordo iniciou a semana apresentando poucas alterações. O quadro geral ainda remete à manutenção dos preços no curto prazo, como destaca o analista de SAFRAS & Mercado, Fernando Henrique Iglesias. “A reposição entre atacado e varejo ainda flui de maneira lenta, reduzindo o apetite de compra dos frigoríficos”, comenta. De maneira geral, a oferta de animais terminados ainda é restrita, limitando movimentos mais agressivos de queda.

 

Em São Paulo, preços a R$ 151,00 a arroba, estáveis. Em Minas Gerais, o preço ficou em R$ 143,00 a arroba em Uberaba. No Mato Grosso do Sul, preços ficaram em R$ 140,00 a arroba em Dourados. Já em Goiás, preços a R$ 142,00 a arroba em Goiânia, e a R$ 137,00 em Cuiabá, no Mato Grosso.

 

Atacado

 

Atacado inicia a semana apresentando acomodação. A reposição entre atacado e varejo flui de maneira lenta, mesmo durante a primeira semana do mês. O perfil para o primeiro bimestre sugere um maior consumo de cortes menos nobres, justificando o movimento mais agressivo de queda do corte traseiro.

 

Corte traseiro ainda é precificado a R$ 11,50, por quilo. Ponta de agulha permanece precificada a R$ 7,30, por quilo. Corte dianteiro permanece precificado a R$ 7,05, por quilo.​

 

Câmbio

 

O dólar comercial encerrou a sessão de hoje com alta de 0,27%, sendo negociado a R$ 3,6730 para venda e a R$ 3,6710 para compra. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 3,6610 e a máxima de R$ 3,6890.

 

Agenda de terça

 

– Dados de desenvolvimento das lavouras do Paraná – Deral, no início do dia.

 

Lessandro Carvalho ([email protected]) / Agência SAFRAS

 

Copyright 2019 – Grupo CMA

 

 

Sobre o autor

Lessandro Rocha Carvalho

Deixe um Comentário