fbpx
Mercado Notícias Boi

Boi gordo tem movimento comprador ainda tímido

 

Porto Alegre, 08 de janeiro de 2019 – O mercado físico do boi gordo teve preços estáveis nas principais praças de produção e comercialização do Brasil nesta terça-feira.

 

Segundo o analista de SAFRAS & Mercado, Allan Maia, grande parte dos frigoríficos atuaram de maneira comedida na compra de animais, uma vez que contam com suas programações bem posicionadas, entre cinco e seis dias úteis.

 

Alguns frigoríficos de menor porte encontram-se em uma situação mais apertada, e desta forma atuam com maior avidez nas negociações, dando sustentação às cotações. A oferta continua melhorando, porém, segue curta.

 

Em São Paulo, o preço seguiu em R$ 153,00 a arroba em Barretos. Em Minas Gerais, o preço permaneceu em R$ 148,00 a arroba em Uberaba. No Mato Grosso, preços a R$ 138,00 a arroba, inalterados. No Mato Grosso do Sul, preços estáveis em Dourados, a R$ 146,00 arroba. Já em Goiás, preços a R$ 143,00 a arroba em Goiânia e na região de Mineiros.

 

Atacado

 

O mercado atacadista teve preços estáveis. Conforme Maia, a reposição entre atacado e varejo evolui abaixo do esperado para o período do mês, mesmo com a entrada da massa salarial na economia.

 

Passadas as festividades de final de ano, ficou evidente o arrefecimento da demanda, assinalou Iglesias. No decorrer do primeiro bimestre essa dinâmica tende a ser ainda mais visível, por conta do maior grau de endividamento das famílias.

 

O corte traseiro teve preço de R$ 13,00 por quilo, estável. Por sua vez, o corte dianteiro permaneceu com preço de R$ 8,30 por quilo. A ponta de agulha seguiu com preço de R$ 8,00 por quilo.

 

Câmbio

 

O dólar comercial encerrou a sessão de hoje em alta de 0,48%, sendo negociado a R$ 3,7340 para venda e a R$ 3,7320 para compra. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 3,6910 e a máxima de R$ 3,7360.

 

Fábio Rübenich ([email protected]) / Agência SAFRAS

 

Copyright 2019 – Grupo CMA

Sobre o autor

Lessandro Rocha Carvalho

Deixe um Comentário