fbpx
Mercado Notícias Café

Café registra preços fracos nesta segunda-feira no Brasil

 

Porto Alegre, 08 de abril de 2019 – O mercado físico brasileiro de café teve uma segunda-feira de preços fracos no Brasil, de estáveis a mais baixos. Apesar da queda do arábica na Bolsa de Nova York, os arábicas de melhor qualidade no Brasil mantiveram suas bases nas principais praças. Mas, arábicas de qualidade mais baixa e o conilon tiveram comportamento de fraqueza nas referências. O dia foi de poucos negócios, praticamente parado na comercialização.

 

No sul de Minas Gerais, o café arábica bebida boa ficou em R$ 380,00/385,00 a saca, estável. No cerrado mineiro, o preço ficou entre R$ 385,00/390,00 a saca, inalterado.

 

Já o café arábica “rio” tipo 7 na Zona da Mata de Minas Gerais teve preço de R$ 325,00/330,00 a saca, contra R$ 330,00/335,00 do dia anterior.

 

O conilon tipo 7 em Vitória, Espírito Santo, teve preço de R$ 285,00/290,00 a saca, contra R$ 290,00 – R$ 295,00 de sexta-feira.

 

Nova York

 

A Bolsa de Mercadorias de Nova York (Ice Futures US) para o café arábica encerrou as operações da segunda-feira com preços moderadamente mais baixos. As cotações voltaram a ser pressionadas pelos fundamentos baixistas, com a ampla oferta global e com a chegada agora da safra brasileira nos próximos meses pesando sobre os preços.

 

A sessão foi volátil e o mercado buscou um direcionamento melhor. Em parte do dia, a alta do petróleo e queda do dólar contra o real e outras moedas garantiram sustentação ao arábica. Segundo o consultor de SAFRAS & Mercado, Gil Barabach, “as variáveis financeiras até tentaram ajudar o café, mas os fundamentos negativos seguem inibindo uma melhora nos preços”, comentou. Destacou ainda que as rolagens de maio para julho, ante a proximidade do período de notificação de entregas de maio, atrapalharam uma recuperação nas cotações.

 

Os contratos com entrega em maio/2019 fecharam o dia a 92,95 centavos de dólar por libra-peso, com queda de 0,25 centavo, ou de 0,3%. Julho fechou a 95,50 cents, com baixa de 0,25 centavo, ou de 0,3%.

 

Câmbio

 

O dólar comercial encerrou a sessão em baixa de 0,61%, negociado a R$ 3,8470 para a compra e a R$ 3,8490 para a venda. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a máxima de R$ 3,8770 e a mínima de R$ 3,8430.

 

Lessandro Carvalho ([email protected]) / Agência SAFRAS

 

Copyright 2019 – Grupo CMA

 

Sobre o autor

Lessandro Rocha Carvalho

Deixe um Comentário