fbpx
Notícias Café

Café tem dia mais animado no Brasil, com melhora nos preços

 

Porto Alegre, 8 de janeiro de 2019 – O mercado brasileiro de café teve uma terça-feira mais movimentada e animada de negócios. A alta do arábica na Bolsa de Nova York deu sustentação aos preços, que avançaram especialmente para os arábicas de qualidade.

 

O ritmo da comercialização só não foi melhor pela queda do dólar e ainda por muitos produtores estarem fora de atividade após os feriados. Os compradores seguem cautelosos, aparecendo conforme a necessidade.

 

No sul de Minas Gerais, o café arábica bebida boa com 15% de catação ficou em R$ 415,00/420,00 a saca, contra R$ 405,00/410,00 do dia anterior.

 

No cerrado mineiro, o preço da bebida boa com 15% de catação esteve em R$ 420,00/425,00 a saca, contra R$ 410,00/415,00 anteriormente.

 

O café arábica “rio” tipo 7 na Zona da Mata de Minas Gerais (20% de catação) teve preço de R$ 340,00/345,00 a saca, estável.

 

Já o conilon tipo 7 em Vitória, Espírito Santo, teve preço de R$ 300,00/305,00 a saca, estável.

 

Nova York

 

A Bolsa de Mercadorias de Nova York (Ice Futures US) para o café arábica encerrou as operações desta terça-feira com preços acentuadamente mais altos.

 

Segundo o consultor de SAFRAS & Mercado, Gil Barabach, a queda do dólar contra o real no Brasil é o principal fator motivador para o avanço das cotações do arábica em Nova York. “O mercado está esboçando um movimento mais forte de alta com o dólar fraco contra o real”, destaca. Assim, NY afastou-se da linha de US$ 1,00 a libra-peso, tendo a máxima no dia para o contrato março em 106,05 centavos.

 

Tecnicamente, o mercado no dia rompeu algumas resistências, o que “dá fôlego para o movimento de alta”, destaca Barabach.

 

Os contratos com entrega em março/2019 fecharam a 105,05 centavos de dólar por libra-peso, com valorização de 2,30 centavos, ou de 2,2%. Já a posição maio/2019 fechou a 108,10 centavos, com alta de 2,35 centavos, ou de 2,2%.

 

CÂMBIO

 

O dólar comercial encerrou a sessão de hoje em baixa de 0,48%, sendo negociado a R$ 3,7160 para venda e a R$ 3,7140 para compra. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 3,7050 e a máxima de R$ 3,7440.

 

Lessandro Carvalho ([email protected]) / Agência SAFRAS

 

Copyright 2018 – Grupo CMA

Sobre o autor

Lessandro Rocha Carvalho

Deixe um Comentário