fbpx
Monitor

Chicago e dólar sobem e devem melhorar movimentação no mercado de soja

Porto Alegre, 15 de março de 2019 – O mercado brasileiro de soja tem
indicativos de uma melhora no volume de negócios e também nos patamares de
preços nesta sexta. Chicago sobe, assim como o dólar. Mas a movimentação
deverá permanecer limitada, já que a preferência dos produtores ainda é se
concentrar na colheita. Até porque os preços não animam.

CHICAGO

* A posição maio de 2019 sobe 0,27%, a US$ 9,01 por bushel.

* Na semana, os ganhos acumulados superam 0,5%. Se confirmado, será o maior
avanço semanal em oito semanas.

* O mercado acompanha de perto as negociações entre China e Estados Unidos em
busca de um acordo comercial.

PREMIOS

* Os prêmios de exportação para março em Paranaguá seguiram em 30 e 34
pontos acima de Chicago. Para abril, o prêmio ficou entre 43 e 49 pontos acima.

CÂMBIO

* O dólar comercial registra valorização de 0,46% a R$ 3,868.

INDICADORES FINANCEIROS

* As principais bolsas da Ásia fecharam em alta. Xangai, +1,04% e Tóquio,
+0,77%.

* As principais bolsas na Europa operam firmes. Paris, +0,93%; Frankfurt,
+0,92%; Londres, +0,65%.

* O petróleo opera em baixa. Abril do WTI em NY: US$ 58,25 o barril (-0,61%).

* O Dollar Index registra desvalorização de 0,03%, a 96,69 pontos

MERCADO INTERNO

* A valorização do dólar frente ao real sustentou os preços da soja no
mercado doméstico nesta quinta-feira, mesmo com o leve recuo dos contratos
futuros em Chicago. Houve uma modesta melhora na movimentação.

* Segundo fontes consultadas por SAFRAS & Mercado, cerca de 10 mil toneladas
trocaram de mãos em Goiás. O mesmo volume foi transacionado em Minas Gerais.
No Paraná, entre negócios no disponível e vendas antecipadas, aproximadamente
30 mil toneladas foram comercializadas.

* Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos seguiu em R$ 72,00. Na região das
Missões, a cotação subiu de R$ 71,50 para R$ 72,00 a saca. No porto de Rio
Grande, preços avançaram de R$ 77,50 para R$ 78,00.

* Em Cascavel, no Paraná, o preço subiu de R$ 73,00 para R$ 73,50. No porto de
Paranaguá (PR), a saca avançou de R$ 78,00 para R$ 78,50.

* Em Rondonópolis (MT), a saca passou de R$ 69,00 para R$ 69,50. Em Dourados
(MS), a cotação subiu de R$ 68,50 para R$ 69,00. Em Rio Verde (GO), a saca
passou de R$ 69,00 para R$ 70,00.

AGENDA

– EUA: os dados sobre a produção industrial em fevereiro serão publicados às
10h15 pelo Federal Reserve.

– Esmagamento de soja nos EUA em fevereiro – NOPA, 12hs.

– Dados sobre a evolução das lavouras do Mato Grosso – Imea, na parte da
tarde.

– Avanço da colheita de soja no Brasil – SAFRAS, na parte da tarde.

– Estoques de café dos EUA – GCA, 16hs.

Dylan Della Pasqua ([email protected]) / Agência SAFRAS

Copyright 2019 – Grupo CMA

Sobre o autor

Arno Baasch

Deixe um Comentário