fbpx
Monitor

Maior interesse comprador pode movimentar negócios de milho no Brasil

Porto Alegre, 6 de dezembro de 2018 – O mercado brasileiro de milho deve ter uma quinta-feira marcada por um quadro de maior movimentação nos negócios, diante da necessidade dos consumidores em preencher os estoques para a segunda metade do mês. Os preços devem seguir firmes no país. No cenário internacional, a Bolsa de Chicago opera em baixa, devolvendo os ganhos da última sessão.

 

CHICAGO

 

* O contrato março/19 opera a US$ 3,83 3/4 por bushel, recuo de 0,50 centavo em relação ao fechamento anterior, ou 0,13%.

 

* O mercado segue volátil, oscilando dentro de pequenas margens, em meio à escassez de notícias positivas. Mesmo com a trégua acertada no último sábado entre os Estados Unidos e a China, não houve nenhuma importação de grão norte-americano por parte do país asiático até agora.

 

* Ontem (5), os contratos de milho com entrega em março de 2019 fecharam a US$ 3,83 3/4, perda de 0,50 centavos de dólar, ou 0,13%, em relação ao fechamento anterior.

 

CÂMBIO

 

* O dólar comercial opera a US$ 3,8940, com alta de 0,62%.

 

INDICADORES FINANCEIROS

 

* As principais bolsas da Ásia fecharam em queda. Xangai, -1,68%. Tóquio, -1,91%.

 

* As bolsas na Europa operam em baixa. Paris, -2,31%; Frankfurt, -2,37%; Londres, -2,53%.

 

* O petróleo opera em baixa. Janeiro do WTI em NY: US$ 50,67 barril (-4,21%).

 

* O Dollar Index registra alta de 0,14% a 97,13 pontos.

 

MERCADO

 

* O mercado brasileiro de milho teve como característica nesta quarta-feira o fato de que alguns consumidores passam a atuar de maneira mais efetiva, avaliando a necessidade de compra antes da segunda quinzena de dezembro, período em que tradicionalmente há enorme lentidão. “Além disso, a tendência é que no primeiro bimestre haja uma concentração da logística no escoamento da soja, deixando a comercialização de milho em segundo plano”, comenta o analista de SAFRAS & Mercado, Fernando Henrique Iglesias.

 

* No porto de Santos, a cotação ficou em R$ 36,00 a saca na base de compra. Em Paranaguá, R$ 35,50 a saca na base de compra.

 

* No Paraná, a cotação ficou em R$ 32,00/33,00 a saca em Cascavel. Em São Paulo, o preço esteve em R$ 36,00/37,00 na Mogiana. Em Campinas CIF, preço de R$ 39,00/40,00 a saca.

 

* No Rio Grande do Sul, preço ficou em R$ 38,00/40,00 a saca em Erechim. Em Minas Gerais, preço em R$ 34,50/35,50 a saca em Uberlândia. Em Goiás, preço esteve em R$ 29,00/30,50 em Rio Verde. Em Mato Grosso, preço ficou a R$ 24,00/25,00 a saca em Rondonópolis, na base do vendedor.

 

AGENDA

 

– Opep: os membros do cartel realizam sua reunião semestral em Viena, onde devem discutir o acordo que limita a produção de petróleo.

 

– Estimativa para safra mundial de grãos – AMIS/FAO, no início do dia.

 

– Produção e exportação de veículos e máquinas agrícolas em novembro – Anfavea, a partir das 11hs.

 

– EUA: O resultado da balança comercial de outubro será publicado às 11h30 pelo Departamento do Comércio.

 

– Dados de desenvolvimento das lavouras argentinas – Bolsa de Cereais de Buenos Aires, 16hs.

 

– Dados das lavouras no Rio Grande do Sul – Emater, na parte da tarde.

 

 

—–Sexta-feira (7/12)

 

– Alemanha: A produção industrial de outubro será publicada às 5h pelo Ministério de Economia e Tecnologia.

 

– Eurozona: A leitura final do Produto Interno Bruto (PIB) do terceiro trimestre de 2018 será publicada às 8h pela Eurostat.

 

– A FGV divulga às 8h os dados do Indice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) referentes a novembro.

 

– Exportações semanais de grãos dos EUA – USDA, 11h30min.

 

– Divulgação do INPC e do IPCA de novembro – IBGE, 9hs.

 

– EUA: O número de empregos criados ou perdidos pela economia (payroll) e a taxa de desemprego referentes a novembro serão publicados às 11h30 pelo Departamento do Trabalho.

 

– Dados sobre a evolução das lavouras do Mato Grosso – Imea, na parte da tarde.

 

– Evolução do plantio da soja no Brasil – SAFRAS & Mercado, na parte da tarde.

 

Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS

 

Copyright 2018 – Grupo CMA

 

 

Sobre o autor

Arno Baasch

Deixe um Comentário