fbpx
Agronegócio Notícias Boi

Mais doses chegam à Venezuela para vacinação contra aftosa

Porto Alegre, 3 de dezembro de 2018 – O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, vai enviar nesta terça-feira (4), 1,6 milhão de doses de vacina contra a febre aftosa à Caracas, na Venezuela, embarcadas em um Boeing 767 da FAB. O do diretor do DSA (Departamento de Saúde Animal) do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Guilherme Marques, observa que, no total, o Brasil vai doar 20 milhões de doses, das quais 500 mil já foram enviadas para serem aplicadas no rebanho de Maracay.

O diretor prevê que a quantidade doada pelo Brasil, atenda a demanda mais urgente daquele país, em especial, a vacinação de 100% do rebanho de Bolívar, estado vizinho de Roraima. “Boliva tem em torno de 800 mil cabeças de bovinos, ali nós vamos focar as operações do Brasil. Foi acertado com as autoridades venezuelanas que dessas 1,6 milhão de doses, 800 mil vão ser destinadas exclusivamente para a fronteira com o Brasil. A campanha de imunização de todo o rebanho começou em 1 de novembro e se estenderá até 1 de janeiro.

Segundo Marques, o objetivo além de vacinar, é desenvolver uma estratégia de cadastramento das propriedades, inspeção clínica dos animais e coleta de amostras que serão enviadas para o laboratório de referência internacional para febre aftosa, o Lanagro, de Pedro Leopoldo (MG), para acompanhamento da atividade do vírus no rebanho.

As autoridades sanitárias venezuelanas do Insai (Instituto Nacional Agrícola de Saúde Integral) estão acompanhando o processo, colaborando para solução do problema, para a erradicação da febre aftosa daquele país. “O Brasil pela sua experiência pode auxiliar muito as autoridades venezuelanas”, disse Marques.

Copyright 2018 – Grupo CMA

Sobre o autor

Dylan Pasqua

Deixe um Comentário