fbpx
Monitor

Mercado de soja vai retomando normalidade, mas de forma cautelosa

Porto Alegre, 8 de janeiro de 2019 – O mercado brasileiro de soja inicia a terça sem sinais de alteração na dinâmica dos negócios. Os operadores vão voltando de forma lenta, principalmente os compradores, mas a alta moderada de Chicago e a queda do dólar não indicam uma melhora consistente no ritmo da
comercialização. Na exportação, prêmios estabilizados em patamares mais baixos, sem motivar os agentes.

CHICAGO

* Os contratos com vencimento em março operam com alta de 0,08%, cotados a US$ 9,25.

* Chicago chegou a ter perdas mais cedo, mas voltou a subir em meio à expectativa de um acordo comercial entre China e Estados Unidos.

PREMIOS

* Os prêmios de exportação para fevereiro em Paranaguá seguiram em 40 a 48 pontos acima de Chicago. Para março, o prêmio ficou em 38 a 42 pontos acima.

CÂMBIO

* O dólar comercial opera a US$ 3,723, com baixa de 0,29%.

INDICADORES FINANCEIROS

* As principais bolsas da Ásia fecharam mistas. Xangai, -0,26%. Tóquio, +0,82%.

* As bolsas na Europa operam em alta. Paris, +0,36%; Frankfurt, +0,64%; Londres, +0,91%.

* O petróleo opera em alta. Fevereiro do WTI em NY: US$ 49,32 barril (+1,64%).

* O Dollar Index registra valorização de 0,2% a 95,85 pontos.

MERCADO INTERNO

* O mercado brasileiro de soja teve uma segunda-feira de oscilações mistas nos preços, diante da volatilidade no dólar e da firmeza das cotações da oleaginosa em Chicago. Aos poucos os agentes vão voltando à atividade após o recesso de fim de ano e os compradores voltam a aparecer. Mas, o mercado seguiu com volumes de negócios pouco relevantes ainda.

* Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos recuou de R$ 77,50 para R$ 76,50. Na região das Missões, a cotação caiu de R$ 77,00 para R$ 76,50 a saca. No porto de Rio Grande, os preços passaram de R$ 80,50 para R$ 79,50.

* Em Cascavel, no Paraná, o preço passou de R$ 71,50 para R$ 72,00 a saca. No porto de Paranaguá (PR), a saca avançou de R$ 77,50 para R$ 78,00.

* Em Rondonópolis (MT), a saca ficou em R$ 69,00. Em Dourados (MS), a cotação caiu de R$ 76,00 para R$ 73,00. Em Rio Verde (GO), a saca ficou em R$ 70,00.

AGENDA

– Dados de desenvolvimento das lavouras do Paraná – Deral, no início do dia.

– EUA: o resultado da balança comercial de novembro será publicado às 11h30 pelo Departamento do Comércio.

—–Quarta-feira (9/01)

– Alemanha: a balança comercial e o balanço de pagamentos de novembro serão publicados às 5h pelo Sentix.

– Eurozona: A taxa de desemprego de novembro será publicada às 8h pela Eurostat.

– EUA: a posição dos estoques de petróleo até sexta-feira da semana passada será publicada às 14hs pelo Departamento de Energia (DoE).

– EUA: a ata da última reunião de política monetária será publicada às 17h pelo Federal Reserve.

—–Quinta-feira (10/01)

– China: O índice de preços ao consumidor de dezembro será publicado durante a noite pelo departamento de estatísticas.

– China: O índice de preços ao produtor de dezembro será publicado durante a noite pelo departamento de estatísticas.

– Estimativa para a safra brasileira de grãos em 2018/19 – Conab, 9hs.

– Levantamento de Sistemático de Produção Agrícola de dezembro – IBGE, 9hs.

– Eurozona: a ata da última decisão de política monetária será publicada às 10h30 pelo Banco Central Europeu (BCE).

– Exportações semanais de grãos dos EUA – USDA, 11h30min. (Dependendo de uma definição sobre a paralisação parcial do governo americano)

– Dados de desenvolvimento das lavouras argentinas – Bolsa de Cereais de Buenos Aires, 16hs.

– Dados das lavouras no Rio Grande do Sul – Emater, na parte da tarde.

—–Sexta-feira (11/01)

– Japão: o saldo comercial de novembro será publicado durante a noite pelo Ministério de Finanças.

– Reino Unido: a produção industrial referente a novembro será publicada às 7h30 pelo departamento de estatísticas.

– Reino Unido: A balança comercial de novembro será publicada às 7h30 pelo departamento de estatísticas.

– IPCA e INPC de dezembro – IBGE, 9hs.

– EUA: o índice de preços ao consumidor de dezembro será publicado às 11h30 pelo Departamento do Trabalho.

– Estimativas para as safras de milho e soja do Brasil em 2018/19 – SAFRAS & Mercado, 12hs.

– USDA não deverá divulgar o relatório de Oferta e Demanda de janeiro, inicialmente marcado para hoje, devido à paralisação parcial do governo americano.

– Dados sobre a evolução das lavouras do Mato Grosso – Imea, na parte da tarde.

Dylan Della Pasqua (dylan@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2018 – Grupo CMA

Sobre o autor

Arno Baasch

Deixe um Comentário