fbpx
Monitor

Mercado doméstico de soja deve iniciar semana de forma lenta

Porto Alegre, 11 de fevereiro de 2019 – O mercado brasileiro de soja deve iniciar a terceira semana de fevereiro de forma lenta, já que os dois principais formadores de preços oscilam pouco nesta segunda-feira. Enquanto a Bolsa de Mercadorias de Chicago tem leve baixa para o grão, o dólar registra uma elevação em torno de 0,2% frente ao real. Neste contexto, os dois fatores praticamente se anulam.

CHICAGO

* Os contratos com vencimento em março recuam 0,10% a US$ 9,13 1/2 por bushel.

* O mercado é pressionado pelos estoques trimestrais norte-americanos, que ficaram acima do esperado por analistas, reflexo da menor demanda com a disputa comercial entre os Estados Unidos e a China. As informações são da Agência Reuters.

PREMIOS

* Os prêmios de exportação para fevereiro em Paranaguá oscilaram pouco, ficando 42 a 52 pontos acima de Chicago. Para março, o prêmio recuou, atingindo 45 a 56 pontos acima.

CÂMBIO

* O dólar comercial opera com alta de 0,18% frente ao real, cotado a R$ 3,7400, seguindo o exterior, onde a moeda ganha terreno frente às principais moedas pares e de países emergentes com a volta do mercado asiático aos negócios e as preocupações que envolvem uma nova rodada de discussões comerciais entre os Estados Unidos e a China. Em meio a isso, há um possível novo “shutdown”
no país norte-americano, a partir de sexta-feira.

INDICADORES FINANCEIROS

* As principais bolsas da Ásia fecharam mistas. Tóquio não operou. Xangai, +1,36%

* As bolsas na Europa operam em alta. Paris, +0,80%; Frankfurt, +0,74%; Londres, +0,54%.

* O petróleo opera em baixa. Março do WTI em NY: US$ 52,25 barril (-0,89%).

* O Dollar Index registra valorização de 0,21% a 96,623 pontos.

MERCADO INTERNO

* O mercado brasileiro de soja teve uma sexta-feira de preços firmes, de estáveis a mais altos. A alta do dólar deu sustentação ao mercado nacional, especialmente. As atenções estiveram voltadas para o relatório de oferta e demanda de fevereiro do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA),
com compradores e vendedores não querendo fixar grandes volumes diante disto, o que levou a um dia de poucos negócios.

* Em Passo Fundo (RS), a saca de 60 quilos subiu de R$ 74,00 para R$ 74,50. Na região das Missões, a cotação permaneceu em R$ 74,00 a saca. No porto de Rio Grande, os preços seguiram em R$ 77,50.

* Em Cascavel, no Paraná, o preço subiu de R$ 71,50 a saca para R$ 72,00. No porto de Paranaguá (PR), a saca passou de R$ 77,00 para R$ 78,00.

* Em Rondonópolis (MT), a saca permaneceu em R$ 66,50. Em Dourados (MS), a cotação avançou de R$ 68,00 para R$ 68,50. Em Rio Verde (GO), a saca permaneceu em R$ 68,00.

AGENDA

—–Segunda-feira (11/02)

– Inspeções de exportação semanal dos EUA – USDA, 14hs.

– O governo divulga às 15h os dados da balança comercial até a última semana

– O Conselho dos Exportadores de Café do Brasil (Cecafé) divulga, às 16hs, os dados das exportações de café referentes ao mês de janeiro de 2019

—–Terça-feira (12/02)

– O BC divulga às 8h a ata da reunião mais recente do Comitê de Política Monetária (Copom)

– O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga às 9h os dados sobre o Levantamento da Produção Agrícola referentes a janeiro.

– Dados de desenvolvimento das lavouras do Paraná – Deral, no início do dia.

—–Quarta-feira (13/02)

– Reino Unido: O índice de preços ao consumidor de janeiro será publicado às 7h30 pelo departamento de estatísticas

– Reino Unido: O índice de preços ao produtor de janeiro será publicado às 7h30 pelo departamento de estatísticas

– Eurozona: A produção industrial de dezembro será publicada às 8h pela Eurostat

– EUA: O índice de preços ao consumidor de janeiro será publicado às 11h30 pelo Departamento do Trabalho.

– EUA: a posição dos estoques de petróleo até sexta-feira da semana passada será publicada às 13h30hs pelo Departamento de Energia (DoE).

—–Quinta-feira (14/02)

– China: A balança comercial de janeiro será publicada durante a madrugada pela alfândega.

– Alemanha: A leitura preliminar do Produto Interno Bruto (PIB) de quarto trimestre de 2018 será publicada às 5h pelo Destatis.

– Eurozona: A leitura revisada do Produto Interno Bruto (PIB) do quarto trimestre de 2018 será publicada às 8h pela Eurostat

– EUA: O índice de preços ao produtor de janeiro será publicado às 11h30 pelo Departamento do Trabalho

– Japão: A leitura preliminar do Produto Interno Bruto (PIB) de quarto trimestre de 2018 será publicada às 21h50 pelo gabinete do governo

– China: O índice de preços ao consumidor de janeiro será publicado às 23h30 pelo departamento de estatísticas

– China: O índice de preços ao produtor de janeiro será publicado às 23h30 pelo departamento de estatísticas

– Exportações semanais de grãos dos EUA – USDA, 11h30min.

– Dados de desenvolvimento das lavouras argentinas – Bolsa de Cereais de Buenos Aires, 16hs.

– Dados das lavouras no Rio Grande do Sul – Emater, na parte da tarde.

—–Sexta-feira (15/02)

– Japão: A leitura revisada da produção industrial de dezembro será publicada às 2h30 pelo Ministério da Economia, Comércio e Indústria.

– Eurozona: A balança comercial de dezembro será publicada às 8h pela Eurostat

– A FGV divulga às 8h os dados do Indice Geral de Preços – 10 (IGP-10) referentes a fevereiro

– EUA: Os dados sobre a produção industrial em janeiro serão publicados às
12h15 pelo Federal Reserve

– Dados sobre a evolução das lavouras do Mato Grosso – Imea, na parte da tarde.

– Evolução da colheita de soja no Brasil – SAFRAS & Mercado, na parte da tarde.

Revisão: Rodrigo Ramos ([email protected]) / Agência SAFRAS

Copyright 2019 – Grupo CMA

Sobre o autor

Arno Baasch

Deixe um Comentário