Com volatilidade em NY, café tem preços pouco alterados no Brasil

156

    Porto Alegre, 14 de outubro de 2019 – O mercado físico brasileiro de café teve uma segunda-feira de preços pouco alterados, apesar da alta na Bolsa de Nova York e no dólar. A volatilidade na Bolsa de NY para o arábica levou os compradores a adotarem uma postura cautelosa, o que determinou as escassas mudanças nas bases das cotações. E o dia acabou sendo fraco no volume de negócios.

    No sul de Minas Gerais, o café arábica bebida boa ficou em R$ 410/415,00, estável. No cerrado mineiro, o preço ficou inalterado em R$ 415/420,00.

    Já o café arábica “rio” tipo 7 na Zona da Mata de Minas Gerais, com 20% de catação, teve preço de R$ 305,00/310,00, contra R$ 300,00/305,00 do dia anterior.

    O conilon tipo 7 em Vitória, Espírito Santo, teve preço de R$ 280,00/285,00 a saca, contra R$ 275,00/280,00 de sexta-feira.

     Nova York

     A Bolsa de Mercadorias de Nova York (Ice Futures US) para o café arábica encerrou as operações desta segunda-feira com preços mais altos.

     O mercado deu sequência à recuperação técnica observada na sexta-feira. Os ganhos estiveram ligados basicamente a uma correção após as recentes perdas acumuladas, quando o mercado teve cinco sessões seguidas de baixas. Previsão de clima seco essa semana sobre grande parte do cinturão cafeeiro do Brasil, o que não é bom para o pegamento das floradas que vão resultar na safra do próximo ano, contribuiu para o suporte às cotações.

     Entretanto, o principal fator de sustentação é o técnico, com sinais de que o mercado ficou sobrevendido após as recentes baixas e sujeito a ajustes. O mercado avançou apesar da alta do dólar contra o real no Brasil e da forte baixa do petróleo.

     Os contratos com entrega em dezembro/2019 fecharam o dia a 94,85 centavos de dólar por libra-peso, com ganho de 1,15 centavo, ou de 1,2%. Março/2020 fechou a 98,45 cents, com avanço de 1,10 centavo, ou de 1,1%.

Câmbio

     O dólar comercial encerrou a sessão de hoje com alta de 0,75%, sendo negociado a R$ 4,1270 para venda e a R$ 4,1250 para compra. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 4,1110 e a máxima de R$ 4,1390.

     Lessandro Carvalho (lessandro@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2019 – Grupo CMA