USDA reduz estimativa para superávit global de oferta de açúcar em 2020/21

469

    Porto Alegre, 24 de novembro de 2020 – A produção mundial de açúcar em 2020/21 deverá totalizar 181,866 milhões de toneladas, de acordo com relatório semestral do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). Em maio, a estimativa era de uma produção global de açúcar de 188,077 milhões de toneladas. Para a temporada 2019/20, a produção estimada é de 165,496 milhões de toneladas.

    Conforme o USDA, o consumo total de açúcar deverá atingir 173,760 milhões de toneladas em 2020/21, contra as 170,225 milhões de toneladas estimadas para 2019/20. Seis meses atrás, o USDA havia projetado o consumo mundial de açúcar em 177,795 milhões de toneladas.

    Haverá, então, segundo o USDA, um superávit de oferta de 8,106 milhões de toneladas na temporada 2020/21, contra um déficit de 4,756 milhões de toneladas na temporada anterior. Em maio, o USDA havia estimado um excedente de 10,282 milhões de toneladas para 2020/21.

   “O crescimento de 16 milhões de toneladas na produção mundial de açúcar em 2020/21 tem o Brasil como grande responsável, dando conta de cerca de três quartos do aumento previsto. Por outro lado, o consumo também deve crescer diante do avanço em mercados como a Índia, China, Indonésia e Irã, o que vai reduzir os estoques globais apesar do repique na produção”, disse o USDA.

    Segundo o USDA, a produção do Brasil deve aumentar em 12,1 milhões de toneladas na temporada 2020/21, para 42,1 milhões de toneladas (+40%), por conta do melhor retorno financeiro do açúcar em comparação ao etanol e de condições climáticas favoráveis.

    Já a produção da Índia deve crescer 17%, para 33,8 milhões de toneladas, resultado de melhora nos índices de produtividade e de área cultivada de cana.

     Por outro lado, a produção da Tailândia deve diminuir 5% em 2020/21, totalizando 7,9 milhões de toneladas, com estiagem reduzindo área cultivada e também a qualidade industrial da cana.

     O USDA indicou ainda que os estoques finais de açúcar devem cair de 46,243 milhões de toneladas em 2019/20 para 42,807 milhões de toneladas em 2020/21.

     Fábio Rübenich (fabio@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA