Ações da Ásia fecham em alta com bolsa do Japão batendo recorde

463
Economia agricola
Economia agricola

     Porto Alegre, 29 de dezembro de 2020 – Os principais índices do mercado de ações asiático fecharam o pregão em alta, com a bolsa do Japão atingindo níveis recorde nunca vistos desde os anos 1990.

     No Japão, o Nikkei 225 liderou os ganhos depois de subir 2,66% no dia para 27.568,15 pontos – um nível não visto desde agosto de 1990, de acordo com dados da Refinitiv. As ações do Fast Retailing e do conglomerado Softbank Group ganharam 4,5% e 4,53%, respectivamente.

     Os ganhos nos Estados Unidos vieram depois que o presidente norte-americano, Donald Trump, sancionou um pacote de alívio do coronavírus de US$ 900 bilhões, com a medida incluindo um pagamento direto de US$ 600 para a maioria dos cidadãos.

     No entanto, após Trump criticar o baixo valor dos cheques, a Câmara aprovou aumentar o valor dos cheques para US$ 2 mil. Agora, o Senado, controlado pelos republicanos, deve aprovar ou não a proposta.

    “As maiores altas ficaram no setor de tecnologia e financeiros. O Alibaba subiu 5,71% e foi o maior ganhador no Hang Seng, de Hong Kong, já que os investidores perderam a maioria das ações após uma derrota nas sessões anteriores devido a uma investigação antitruste que tirou quase US$ 116 bilhões da capitalização de mercado da empresa de comércio eletrônico. O Alibaba anunciou um programa de recompra de US $ 10 bilhões no domingo”, afirmam analistas do DBS Wealth.

     Confira abaixo a variação e a pontuação de fechamento dos índices

asiáticos:

      Nikkei 225 (Tóquio): +2,66%, 27.568,15 pontos

      Hang Seng (Hong Kong): +0,34%, 26.568,49 pontos

      Xangai Composto (Xangai): -0,54%, 3.379,04 pontos

      Kospi (Seul): +0,42%, 2.820,51 pontos

     Com informações da Agência CMA.

     Revisão: Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2020 – Grupo CMA