Saída da Ford reforça necessidade de reformas, diz Ministério da Economia

217
Começam a ser trocados os nomes nas fachadas de ministérios, em Brasília.

     São Paulo, 12 de janeiro de 2021 – O Ministério da Economia disse que a decisão da Ford de fechar fábricas e encerrar a produção no Brasil “destoa da forte recuperação observada na maioria dos setores da indústria no país”, mas “reforça a necessidade de rápida implementação das medidas de melhoria do ambiente de negócios e de avançar nas reformas estruturais”.

     A Ford encerrará a produção de veículos no Brasil com parada imediata nas fábricas nas cidades de Camaçari (BA) e Taubaté (SP), que terão apenas algumas áreas funcionando por alguns meses para apoiar o pós-venda. A planta da Troller em Horizonte (CE) continuará a operar até o quarto trimestre de 2021.

     A Ford vai manter funcionando o centro de desenvolvimento de produtos na Bahia, seu campo de provas em Tatuí (SP) e sua sede regional na cidade de São Paulo.

     As informações são da agência CMA.

Copyright 2021 – Grupo CMA