Governo dos EUA precisa lidar com práticas da China no comércio, diz Yellen

180


     São Paulo, 19 de janeiro de 2021 – O governo norte-americano tem as ferramentas necessárias para lidar com as práticas abusivas da China no comércio, disse Janet Yellen, indicada pelo presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, para comandar o Departamento do Tesouro norte-americano.

     “Estamos preparados para lidar com as práticas abusivas da China no comércio”, afirmou ela durante a sessão de confirmação no Comitê Financeiro do Senado, acrescentando que os chineses promovem práticas ilegais ligadas à propriedade intelectual. “É uma questão que temos que lidar”, completou.

     Essa ação, segundo Yellen, deve ser coletiva. “Não defendemos uma abordagem protecionista ou individual para lidar com práticas injustas do comércio. Esperamos trabalhar com nossos aliados para abordar essa questão da melhor maneira”, disse.

     Yellen, no entanto, reconheceu a importância da China no comércio com os Estados Unidos. “É um parceiro importante e estratégico”, disse.

     Sob a gestão de Donald Trump, Pequim foi alvo de uma série de sobretaxas que acabou provocando uma guerra comercial que desequilibrou a economia global. As duas maiores economias do mundo conseguiram um entendimento na forma de um acordo comercial que prevê que a China aumente compras de produtos feitos nos Estados Unidos e também respeite a propriedade intelectual.

     A grande questão agora é saber como Biden irá lidar com a China. Em sua campanha, o democrata já afirmou que precisa combater as práticas de comércio injustas, mas não detalhou como pretende fazer isso.

     As informações são da agência CMA.

Copyright 2021 – Grupo CMA