Inspeção acima do esperado deflagra compras técnicas e soja tem boa alta em Chicago

195

     Porto Alegre, 25 de janeiro de 2021 – Os contratos futuros da soja negociados na Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) fecharam a segunda-feira com preços mais altos. Após cair 7,5% na semana passada e bater no menor patamar desde 31 de dezembro, compras por parte de fundos garantiram a recuperação técnica.

     O movimento ganhou força na parte da tarde, após uma manhã de pressão, exercida pelo clima favorável ao desenvolvimento das lavouras americanas. O resultado das inspeções de exportação semanais dos Estados Unidos deflagrou a elevação.

     As inspeções de exportação norte-americana de soja chegaram a 1.978.971 toneladas na semana encerrada no dia 21 de janeiro, conforme relatório semanal divulgado pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA). Na semana anterior, as inspeções de exportação de soja haviam atingido 2.273.005 toneladas. O mercado apostava em número em torno de 1,5 milhão de toneladas no relatório de hoje.

     Os contratos da soja em grão com entrega em março fecharam com alta de 31,75 centavos de dólar por libra-peso ou 2,41% a US$ 13,43 1/2 por bushel. A posição maio teve cotação de US$ 13,42 3/4 por bushel, com ganho de 31,00 centavos ou 2,36%.

     Nos subprodutos, a posição março do farelo subiu US$ 8,00 ou 1,89% a US$ 429,60 por tonelada. No óleo, os contratos com vencimento em março fecharam a 42,94 centavos de dólar, com ganho de 0,67 centavo ou 1,58%.

     Dylan Della Pasqua (dylan@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA