Plantio da safrinha de milho inicia em Rio Verde (GO), mas janela será curta

175

     Porto Alegre, 25 de fevereiro de 2021 – O plantio de milho safrinha em Rio Verde, no sudoeste de Goiás, está em andamento mas a janela para o cultivo deverá ser apertada, por conta da colheita mais lenta da soja neste ano. Quem informa é departamento técnico da Cooperativa Agroindustrial dos Produtores Rurais do Sudoeste Goiano (Comigo).

     Conforme fonte do departamento técnico, ainda não foi possível precisar o percentual cultivado, que vem evoluindo conforme a soja vem sendo colhida. “A expectativa inicial é de que a área em Rio Verde possa chegar a 300 mil hectares e o rendimento médio projetado inicialmente, caso o clima seja favorável, deve ficar em até 7.200 quilos por hectare”, afirma.

     A fonte destaca que o período ideal de cultivo da safrinha seria até o final de fevereiro, mas com os preços do milho em patamares muito bons os produtores deverão avançar nos trabalhos ao longo de março também.

     O mais recente levantamento de SAFRAS & Mercado indica que o plantio da safrinha de milho em Goiás alcançava 10,2% da área prevista de 2,326 milhões de hectares até o último dia 19, bem abaixo dos 28,1% registrados no mesmo período do ano passado, quando foram cultivados 2,194 milhões de hectares. A média de plantio para o período nos últimos cinco anos é de 43,8%.

     Arno Baasch (arno@safras.com.br) / Agência SAFRAS

Copyright 2021 – Grupo CMA